25 setembro, 2010

Seminário de Vida no Espírito Santo - Manual – Parte 3

TERCEIRO ENSINO


O EVANGELIZANDO


I – INTRODUÇÃO
(Pedir oração)


1. APRESENTAÇÃO DO FORMADOR


- Nome, estado civil, ...


2. MOTIVAÇÃO


3. APRESENTAÇÃO DO ENSINO


a) TEMA: O EVANGELIZANDO


b) Itens:


b.1) Apresentação sumária


b.2) Características do Evangelizando


II – DESENVOLVIMENTO


1. APRESENTAÇÃO SUMÁRIA


- O evangelizando é uma pessoa que aceita o convite para participar do Seminário de Vida no Espírito Santo e, entre nós, é afetivamente chamada de ovelha.


2. CARACTERÍSTICAS DO EVANGELIZANDO


a) Uma pessoa


- Possuidor de fragilidades como ovelhas (pecados, traumas)


- Possuidor de virtudes


- Possuidor de história pessoal (com fatos bons e ruins)


b) Comparação com ovelhas


- A comparação de pessoas com ovelhas é bíblica e serve para nos ajudar a compreender nossas fraquezas e revela o enorme cuidado que o Bom Pastor tem conosco.


= Ovelha depende do pastor para viver bem e para ter vida longa


(Visão curta, não enxerga tão bem quanto outros animais).


= Não encontra boa comida, come ervas daninhas, comem exageradamente, Medrosas (O pastor tem que dormir com ela).


= Indefesa


(Tem pouco senso do perigo: cai em buracos: “Ovelha vai com as outras”)


= Ao ataque do lobo, berra, berra, mas corre pouco, pois não possui destreza e tem visão limitada


c) Filho de Deus


- No pastoreio Deus confia seus filhos aos nossos cuidados


- Deus ama seus filhos até o ciúme (Dt 4,24; Tg 4,5)


- Devemos cuidar dos evangelizandos lembrando que são filhos de Deus


III – CONCLUSÃO


1. RESUMO


a) Recapitulação (retomar itens)


b) Avaliação (indagações, sanar dúvidas, complementar, etc.)


c) Fecho (fixação-síntese)


2. CONVITE À AÇÃO


3. ORAÇÃO FINAL


Amém. Obrigados. Deus os abençoe.


QUARTO ENSINO


PASTOREAR PARTILHANDO


I - INTRODUÇÃO
(Pedir oração)


1. APRESENTAÇÃO DO FORMADOR


- Nome, estado civil, ... 


2. MOTIVAÇÃO


a) Para exercermos fielmente o serviço do Pastoreio, devemos nos munir da grande visão Messiânica - visão do céu, da salvação...


b) O pastoreio pode ser um pedaço do céu, quando leva o povo de Deus a um caminhar de cura e libertação, de crescimento humano e espiritual utilizando-se da partilha e boa comunicação, entremeadas de carismas que são essenciais ao pastoreio.


3. APRESENTAÇÃO DO ENSINO


a) TEMA: PASTOREAR PARTILHANDO


b) Itens:


b.1) Partes principais do pastoreio


b.2) Conceito de partilha


b.3) Conteúdo da partilha


b.4) Método da partilha


II – DESENVOLVIMENTO


1. PARTES PRINCIPAIS DO PASTOREIO


a) Buscar


- Lc 15,4-7


b) Acolher


- Fraternalmente (ajudar a ovelha se sentir bem, se sentir acolhida)


c) Ouvir


- Partilhar


d) Cuidar


- Lc 15,4-7


2. CONCEITO DE PARTILHA


- No pastoreio, partilha é o diálogo estabelecido entre o servo do pastoreio e o evangelizando, com o objetivo de sanar as dúvidas deste, bem como de prestar-lhe ajuda espiritual e, eventualmente, alívio e cura de traumas, mediante a cura interior.


3. CONTEÚDO DA PARTILHA


- Prioritariamente, em relação ao Seminário de Vida no Espírito, partilham-se dúvidas sobre as pregações, assim como dificuldades em se viver no Espírito e em se praticar a proposta do Seminário.


- Eventualmente podem-se partilhar sentimentos, experiências vividas (boas ou ruins)


- Lembre-se o servo do pastoreio que sua missão é principalmente ouvir (mas poderá sabiamente orientar as ovelhas, tendo sempre por base os ensinamentos do Seminário de Vida no Espírito. Caso as soluções para as ovelhas não sejam encontradas no Seminário, poder-se-á buscá-la na Sagrada Escritura, na Doutrina da Igreja e com os irmãos de comunidade, principalmente os mais experientes).


4. MÉTODO DA PARTILHA


a) Amor (é o principal item do método).


- É com amor que se acolhe bem.


- É com amor que se guarda o sigilo sacramental que a partilha exige.


- É com amor que se encontra forças para doar-se além do comum (atender fora dos horários, superar o cansaço para servir, etc.).


- O amor é veículo da empatia, que é fundamental no pastoreio.


- Só o amor gera a compaixão. Compaixão cria o ambiente propício para partilhar em situações de sofrimento e dor.


b) Tempo de qualidade


- É tempo destinado exclusivamente à ovelha


= Não importa a duração, o mais importante é a qualidade do tempo que se dedica.


= Para ter tempo de qualidade é preciso estar presente diante da ovelha de corpo e espírito


c) Respeitar o processo do outro


- Cada um possui um estágio de desenvolvimento. Isso precisa ser respeitado.


d) Não dar receitas


- Não usar o tom de professor ou de padrasto, como se estivesse sempre ensinando ou advertindo.


e) Evitar bloqueios na comunicação


- Bloqueios destroem a partilha


- Exemplos de bloqueios:


= Conselhos, competição, frieza, distração, divagação, respostas ensaidas.


f) Agradecer verbalmente pela partilha


- A partilha da pessoa é um presente de confiança para quem ouve.


- Na partilha a pessoa dá o melhor de si, ou seja, ela mesma (uma parte do seus próprio eu).


g) Anotado os dados das ovelhas


- Anotação de dados (fone, endereço, datas importantes) revelam o grau de interesse.


- Com as anotações as ovelhas se sentem importantes, acolhidas, bem.


h) Agendar horários para partilha e para visitas


- O amor e o interesse precisam ser demonstrados


- É impossível pastorear sem se encontrar


- A agenda pode ser fundamental


= tempo é como dinheiro, jamais sobra, por isso é necessário agendar, comprometer.


III – CONCLUSÃO


1. RESUMO


a) Recapitulação (retomar itens)


b) Avaliação (indagações, sanar dúvidas, complementar, etc.)


c) Fecho (fixação-síntese)


2. CONVITE À AÇÃO


3. ORAÇÃO FINAL


Amém. Obrigados. Deus os abençoe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...