26 setembro, 2010

Seminário de Vida no Espírito Santo - Manual – Parte 6

OITAVO TEMA - AMOR AOS IRMÃOS

I - INTRODUÇÃO
            (Pedir oração)

1.      APRESENTAÇÃO DO PREGADOR
- Nome; estado civil; atividade na RCC, atividade em pastoral de paróquia.

2.      MOTIVAÇÃO
-         Quem gostaria de fazer algo muito agradável a Deus?
-         Deus é nosso pai. Nada agrada mais ao pai do que fazer bem aos seus filhos. Se quisermos agradar a Deus, devemos agradar seus filhos, fazer-lhes bem, amá-los. Eles são nossos irmãos

3.      APRESENTAÇÃO DA PREGAÇÃO
a) TEMA: AMOR AOS IRMÃOS
b)  Itens:
b.1) RESUMO DE 7 MANDAMENTOS DA LEI DE DEUS
b.2) CONCEITO (I Coríntios 13)
b.3) ESPÉCIES DE AÇÕES CONCRETAS DE AMOR
b.4) LUGAR DO AMOR AOS IRMÃOS
b.5) OBSTÁCULOS AO AMOR AOS IRMÃOS
b.6) O AMOR AOS IRMÃO É UM DOM DO ESPÍRITO SANTO

II – DESENVOLVIMENTO
1.      RESUMO DE 7 MANDAMENTOS DA LEI DE DEUS
1º. Amar a Deus sobre todas as coisas (Deuteronômio 6, 5; Êxodo 20, 1-6)
2º. Não tomar seu santo nome em vão (Êxodo 20, 7)
3º. Guardar domingos e festas (Êxodo 20, 8-11)
MANDAMENTOS (Êxodo 20, 12-17)

RESUMO (Lev 19,18b; Mateus 22, 39; João 15, 12.17)
  4º. Honrar pai e mãe (Êxodo 20, 12)
  5º. Não matar (Êxodo 20, 13)
  6º. Não pecar contra a castidade (Êx 20, 14)
  7º. Não furtar (Êxodo 20, 15)
  8º. Não levantar falso testemunho  (Êx 20, 16)  9º. Não desejar a mulher do próximo (Êx 20, 17)
10º. Não cobiçar as coisas alheias (Êx 20, 17)
-Amarás teu próximo como a ti mesmo (Lev 19, 18b; Mat 22, 39)
- Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. O que vos mando é que vos ameis uns aos outros. (João 15, 12.17)

2. CONCEITO (uma idéia - I Coríntios 13, 1-8; João 15, 13-14)
Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine. Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a , a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, não sou nada. Ainda que distribuísse todos os meus bens em sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tiver caridade, de nada valeria! A caridade é paciente, a caridade é bondosa. Não tem inveja. A caridade não é orgulhosa. Não é arrogante. Nem escandalosa. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.  A caridade jamais acabará. “ (I Coríntios 13, 1-8)”
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando.” (João 15, 13-14)

RESUMO DO CONCEITO:
-         Quanto à Lei de Deus
= É um mandamento da lei de Deus (Êxodo 20, 12-17; Levítico 19,18b;)
= É um mandamento para os discípulos de Jesus (amigos) (Mateus 22, 39; João 15, 12s.17)
-         Quanto à graça de Deus (I Coríntios 13)
= É uma capacidade que o Espírito Santo nospara sentir amor aos irmãos e para transformar este sentimento em caridade, isto é, em ação concreta a favor deles, fazendo-lhes o bem em qualquer circunstância de tempo, lugar ou de correspondência sentimental ou material, chegando inclusive a dar-lhes a vida.
-         Decomposição do conceito
= Capacidade do Espírito Santo
= Sentir (sentimento)
= Caridade (amor em ação; ação concreta; deve ser demonstrado)
= Demonstrar falando e fazendo o bem (do e aos irmãos) em qualquer circunstância (de tempo, lugar e correspondência sentimental ou material)
= Dar-lhes a vida: maior demonstração de amor (dar a vida no dia-a-dia)

3.      ESPÉCIES DE AÇÕES CONCRETAS DE AMOR AOS IRMÃOS
a)     Sacrifícios
-         Oração (individual e comunitária)
-         Jejum
-         Ofertas
b)     Dízimos e ofertas
c)      Perdão
d)     Pregação
e)     Promoção do irmão
-         Conceito de promoção (pro-mover)
-         Formas de promoção
= Evangelização
= Cura interior
= Cura física (ir também aos doentes)
= Cura espiritual (libertação)
= Ajuda financeira
= Participação em associações
·        beneficentes
·        de bairros
·        de classe (profissionais liberais)
·        sindicais (sindicato)
·        partidárias (partidos políticos – Juízes 9,7-15)
= praticando a justiça (trabalhista, cívica, social)

4.      LUGAR PROPÍCIO DO AMOR AOS IRMÃOS
-                                 Comunidade
= Jesus sempre viveu em comunidade
= O Espírito Santo conduz os discípulos de Jesus para viverem em comunidade (Atos 2,42-47; 4,32-35)
= A vivência comunitária é um critério seguro de que a pessoa está cheia do Espírito Santo, de que é evangelizada.

5.      OBSTÁCULOS AO AMOR AOS IRMÃOS
-         Incredulidade, ação do maligno (Mateus 13, 19), orgulho, egoísmo.
-         Traumas (infidelidades, traições, desamor sofrido)

6.      O AMOR AOS IRMÃOS É UM DOM DO ESPÍRITO SANTO
-         Para vencer os obstáculos devemos contar com a graça de Deus
-         I Coríntios 13
= Dom é uma graça de Deus, um presente (não podemos pagar)
= É com ele que recebemos a capacidade de amar os irmãos como Jesus os ama.

III PERORAÇÃO
-         IRMÃOS, ACABAMOS DE VER QUE O AMOR AOS IRMÃOS É A MELHOR FORMA DE AGRADAR A DEUS, POIS ELE É PAI DOS NOSSOS IRMÃOS, E NADA AGRADA MAIS AO PAI DO QUE FAZER BEM AO SEU FILHO.
-         VIMOS TAMBÉM QUE O AMOR AOS IRMÃOS FOI APRESENTADO POR DEUS, NOS TEMPOS ANTIGOS DE ISRAEL, POR MEIO DO PROFETA MOISÉS, EM SETE REGRAS QUE FAZEM PARTE DOS “MANDAMENTOS DA LEI DE DEUS”. SÃO, PRECISAMENTE, OS 4º, 5º, 6º, 7º, 8º, 9º E 10º MANDAMENTOS.
-         APRENDEMOS QUE O AMOR AOS IRMÃOS É, PORTANTO, UM MANDAMENTO DA LEI DE DEUS E UMA VOCAÇÃO PARA OS DISCÍPULOS DE JESUS. E MAIS, QUE É UM DOM ESPÍRITO SANTO PARA NOS CAPACITAR A AMAR OS IRMÃOS COM O SENTIMENTO E COM GESTOS CONCRETOS.
-         NESTE ENSINO TIVEMOS OPORTUNIDADE DE APRENDER QUE O LUGAR PROPÍCIO DE AMAR OS IRMÃOS É A COMUNIDADE.
-      MAS PARA AMAR OS IRMÃOS PRECISAMOS VENCER VÁRIOS OBSTÁCULOS E PARA VENCER ESTAS DIFICULDADES O ESPÍRITO SANTO VEM EM NOSSO SOCORRO NOS DANDO O DOM DO AMOR.
-      CONVITE À AÇÃO
= E ASSIM, PARA RECEBERMOS ESTA AJUDA DE DEUS PARA AMAR OS IRMÃOS, AJUDA QUE SE CHAMA DOM DO AMOR, FIQUEMOS DE , PARA ORARMOS.
-         ORAÇÃO FINAL
= PEDIR PERDÃO PELOS PECADOS CONTRA O AMOR AOS IRMÃOS (Incredulidade, aceitação das tentações do maligno, orgulho, egoísmo)
= PEDIR A CURA DE TRAUMAS
= PEDIR O DOM DO AMOR
Amém.
Deus os abençoe.
  Dercides Pires da Silva, Secretário Estadual da Secretaria Matias-GO –


NONO TEMA - COMUNIDADE: FRUTO DO ESPÍRITO SANTO

I - INTRODUÇÃO
            (pedir oração)
1 – Apresentação do pregador (nome, estado civil, paróquia, pastoral)
2 – Apresentação da pregação
a) TEMA: COMUNIDADE: FRUTO DO ESPÍRITO SANTO
b)  Itens:
b.1) CONCEITO DE COMUNIDADE
b.2) VIVER EM COMUNIDADE
b.3) PARÓQUIA E COMUNIDADES ECLESIAIS
b.4) FINALIDADES DAS COMUNIDADES
b.5) COMUNIDADE: FRUTO DO ESPÍRITO SANTO
3 - Motivação

II - DESENVOLVIMENTO
1. CONCEITO DE COMUNIDADE
a) Comunidades eclesiais
            a.1) Conceito (Atos 2, 42)
                        a.2) Exigência do espírito humano
a.3) Necessidade dos tempos atuais (CNBB – Doc 54, 278)
2. VIVER EM COMUNIDADE
            a) A vida de Jesus sempre foi comunitária
            b) Os apóstolos aprenderam com Jesus
3. PARÓQUIA E COMUNIDADES ECLESIAIS
-         Conceito de paróquia (Cat. 2179; 2226, in fine)
= Referência Fundamental (CNBB – Doc 54, 279)
= Fator de unidade (CNBB – Doc 54, 280)
= Movimentos nas paróquias (CNBB – Doc 54, 284)
4. FINALIDADES DAS COMUNIDADES
-         EXPERIÊNCIA DE SALVAÇÃO (DE DEUS)
-         PROPICIAR MAIOR UNIDADE
-         ORGANIZAR MELHOR A CAMINHADA
-         PROPICIAR FORMAÇÃO
-         DINAMIZAR A ORAÇÃO
-         VIVENCIAR O AMOR FRATERNO
-         CRIAR OS ESPAÇOS PARA O PASTOREIO
-         EXERCÍCIO DOS CARISMAS
-         COLABORAR NOS TRABALHOS PAROQUIAIS
-         RESUMINDO: CONSERVAÇÃO E APROFUNDAMENTO DA GRAÇA DO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO. EM OUTRAS PALAVRAS, AJUDAR O GRUPO E AS PESSOAS A SEREM REALMENTE CRISTÃOS.
5. COMUNIDADE: FRUTO DO ESPÍRITO SANTO
-         O Espírito Santo nos dá o dom do amor, que nos leva a desejar viver em comunidade (I Coríntios 13)
-         Jo 20,22; At 2,42 (Logo após o Batismo no Espírito Santo, a comunidade se reuniu)
III PERORAÇÃO
-       ...
-       Convite à ação
-       Oração Final
Amém.
Deus os abençoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...