05 setembro, 2012

Oração para depois da comunhão (São Tomás de Aquino)




Dou-vos graças, Senhor santo, 
Pai omnipotente, Deus eterno, 
a Vós que, 
sem merecimento nenhum da minha parte, 
mas por efeito de vossa misericórdia, 
Vos dignastes saciar-me, 
sendo eu pecador e vosso indigno servo, 
com o Corpo adorável 
e com o Sangue precioso do vosso Filho, 
Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Eu Vos peço que esta comunhão 
não me seja imputada 
como uma falta digna de castigo, 
mas interceda eficazmente 
para alcançar o meu perdão; 
seja a armadura da minha fé 
e o escudo da minha boa vontade; 
livre-me dos meus vícios; 
apague os meus maus desejos; 
mortifique a minha concupiscência; 
aumente em mim 
a caridade e a paciência, 
a humildade, a obediência e todas as virtudes; 
sirva-me de firme defesa 
contra os embustes de todos os meus inimigos, 
tanto visíveis como invisíveis; 
serene e regule perfeitamente 
todos os movimentos, 
tanto da minha carne 
como do meu espírito; 
una-me firmemente a Vós, 
que sois o único e verdadeiro Deus; 
e seja, enfim, 
a feliz consumação do meu destino. 

Dignai-vos, Senhor, 
eu Vos suplico, 
conduzir-me, a mim pecador, 
a esse inefável festim, onde, 
com o vosso Filho 
e o Espírito Santo, 
sois para os vossos santos luz verdadeira, 
gozo pleno e alegria eterna, 
cúmulo de delícias e felicidade perfeita. 

Pelo mesmo Jesus Cristo, Senhor Nosso. 

Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...