22 outubro, 2012

O que dizer sobre adivinhos, benzedeiras?



Sobre os adivinhos, curandeiros, benzedeiras, etc., que normalmente têm no nordeste, que benzem para curar alguma doença, essas coisas, é verdade? Elas curam, tiram mal-olhado...?


E também sobre o candomblé que há na Bahia, que se mistura com a Igreja católica, quando há a lavagem das escadas da igreja do Sr. do Bonfim, como fica a Igreja diante disso? E as pessoas que dizem que vê a aura das pessoas, que vêem espíritos, como aquela mulher que estava no ''programa Gugu'', que foi junto com ele ao Carandiru e lá via almas sofrendo, etc., Isso então é tudo visão que o demônio dá à essas pessoas?



A Igreja não autoriza as bênçãos por pessoas leigas; logo, essas benzedeiras não fazem algo legal e deve ser evitado. A mesma condenação pesa sobre os adivinhos, necromantes, cartomantes, búzios, etc; devem ser totalmente evitados, pois é uma prática que é pecado contra o primeiro mandamento, pois busca-se poder ou informação sem a vontade de Deus.


Sobre essas pessoas que vêem espíritos a Igreja recomenda cautela; pois ensina que os espíritos de pessoas não se manifestam; pode ser ação do demônio ou apenas ação da própria pessoa no campo natural ou paranormal; não se deixe levar por isto.


A Igreja condena todo tipo de sincretismo (mistura) religioso, pois as crenças dessas seitas, candomblé, macumba, etc, não se coadunam com a fé da Igreja católica.


Felipe Aquino


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...